A fase de incubação dura três anos e os empreendedores contam com estrutura do Instituto Metrópole Digital - Foto: Divulgação.

Incubadora de empresas abre inscrições para projetos inovadores

15/02/2016 às 16:00
  • Marcar favorito
  • Imprimir

 Alberto Coutinho

Natal – Empresários e empreendedores com ideias ou projetos inovadores têm a oportunidade de aprimorá-los e colocá-los no mercado como negócio rentável. Isso porque a incubadora de empresas Inova Metrópole Digital (IMD) está com inscrições abertas até o dia 3 de junho para o quarto ciclo do processo de seleção ao seu sistema de incubação e pré-incubação de empresas. A inscrição deve ser realizada exclusivamente no site www.inova.imd.ufrn.br/inscricao onde o interessado preenche um formulário e faz a descrição do projeto.

A pré-incubação pode ser feita por um empreendedor ou grupo de empreendedores, que são submetidos à avaliação de uma banca. Eles apresentam um pitch, que é uma apresentação sintética do projeto, e, quando aprovados, passam por várias mentorias e por um curso de capacitação de 25 horas que permite transformar o projeto em um negócio rentável e, posteriormente, formalizar a empresa. O período de pré-incubação tem duração de até um ano e meio, incluindo assessoria contábil e orientação para a formalização da empresa na Junta Comercial do Estado. Nesta fase, é cobrada uma taxa mensal de R$ 105,00 por projeto.

Às vésperas de completar três anos, a Inova Metrópole Digital conta com a parceria do Sebrae no Rio Grande do Norte, e utiliza metodologia própria baseada em outras como as Design Thinking, Startup Enxuta e Canvas, desenvolvidas principalmente no Vale do Silício. Segundo o gerente da Incubadora, Anderson Cruz, a Inova Metrópole Digital tem a responsabilidade de validar a ideia e identificar se o projeto é de fato rentável. “Assim é possível evitar que o empreendedor ou empresário faça um investimento que se torne inviável no futuro”, explica.

Para o gerente da Unidade de Inovação e Tecnologia do Sebrae-RN, João Bôsco Freire, a incubadora do Instituto Metrópole Digital é de fundamental importância para o surgimento e desenvolvimento de empresas que possam ingressar no mercado já consolidadas. “A incubadora é o berço de projetos inovadores e que se transformam em empresas com grandes possibilidades de êxito no seu segmento e nos diversos mercados, seja nacional e internacionalmente”, avalia João Bôsco Freire.

Na fase de incubação, que tem duração de até três anos, as empresas contam com uma sala individual, com toda infraestrutura, e assessoria em todas as dimensões do negócio, contábil, de mercado e de gestão. Além de uma equipe de psicologia que estuda o perfil empreendedor dos integrantes das empresas incubadas. Os empresários podem também utilizar um Datacenter, salas de reunião, área de treinamento e laboratórios instalados numa área de aproximadamente 10 mil metros. Para tanto, é cobrada uma taxa a partir de R$ 423,00 por empresa.

O Rio Grande do Norte já tem uma empresa graduada pela incubadora, que não necessitou cumprir o período inteiro de incubação. Desde 2011 no mercado, a Sig Software tornou-se a maior empresa do software do Estado com mais de 100 funcionários e atualmente estabelece parcerias com empresas incubadas na Inova Metrópole Digital. “A Sig Software é uma spin off da nossa Universidade”, destaca o gerente da Inova Metrópole Digital, Anderson Cruz.

A Inova Metrópole Digital faz parte do Instituto Metrópole Digital, instalado na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), tem capacidade para atender até 50 empresas inovadoras e que desenvolvem ou fazem uso intensivo de Tecnologia da Informação (TI).  



Serviço:

rn.agenciasebrae.com.br
Call Center: 0800 570 0800
facebook.com/SebraeRN

twitter.com/SebraeRN
instagram.com/SebraeRN
youtube.com/SebraeRN

Fique por dentro das novidades do Sebrae / RN nas redes sociais: