Foto: Alex Régis

Sebrae apresenta diagnóstico de oportunidades de negócios

01/11/2030 às 00:00
  • Marcar favorito
  • Imprimir

Cleonildo Mello

Natal – O Sebrae no Rio Grande do Norte apresentou o resultado dos encontros regionais promovidos em oitos cidades-polo para o programa Mais RN, que visa estabelecer um planejamento estratégico para desenvolvimento econômico do estado e as oportunidades de investimentos e novos negócios. O documento foi entregue à Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (Fiern), idealizadora do programa, durante a abertura da 1ª Feira Potiguar da Indústria, na noite desta quarta-feira (11). 

O diagnóstico contempla os pontos de entraves para o desenvolvimento, os riscos e as oportunidades de investimento e novos negócios levantados por integrantes dos setores produtivos dos municípios potiguares de Assú, Caicó, Currais Novos, João Câmara, Mossoró, Nova Cruz, Pau dos Ferros e Santa Cruz, onde foram realizados os encontros regionais do Mais RN. O texto também contempla a opinião do empresariado sobre as ações governamentais necessárias para implementar as medidas que levam ao desenvolvimento econômico de cada uma das regiões sondadas. 

O relatório, estruturado pela empresa Macroplan, foi entregue pelo presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae-RN, Sílvio Bezerra, ao presidente da Fiern, Amaro Sales, na solenidade de abertura da Feira Potiguar da Indústria. “Aqui [no documento], temos todos os dados e informações sobre o que os setores produtivos visualizam para o futuro do nosso estado”, enfatiza Sílvio Bezerra.

A feira está sendo realizada no Centro de Convenções de Natal até a próxima sexta-feira (13) e congrega as principais novidades das cadeias produtivas ligadas ao setor industrial do Rio Grande Norte. Durante o evento, o Sebrae promove uma série de atividades no local. São atendimentos, exposição de empresas atendidas e uma loja conceito de artesanato.

Além disso, para aproximação e fomento de novos negócios, o Sebrae também promove quatro rodadas de negócios, que devem estimular o surgimento de parceria entre empreendedores de pequeno porte e grandes corporações.“Participar desse evento significa fazer negócios, aproveitar as oportunidade que serão geradas nesses três dias de feira e colocar os produtos das micro e pequenas empresas no mercado”, ressalta Sílvio Bezerra. 

Durante a abertura, o diretor-superintendente do Sebrae-RN, José Ferreira de Melo Neto, parabenizou a visão pioneira da Fiern, que completa 60 anos de atuação, ao idealizar o programa Mais RN e também a primeira edição da Feira Potiguar da Indústria, que conta com o apoio do Sebrae. “Os negócios aqui gerados vão criar um ambiente econômico que se traduz na geração de emprego e renda. Parabéns pela visão de priorizar os pequenos negócios, que são os maiores geradores de postos de trabalho no estado”, diz o superintendente, referindo-se à gestão do atual presidente da Fiern, Amaro Sales.


Leia mais: Agência Sebrae de Notícias

Fique por dentro das novidades do Sebrae / RN nas redes sociais: